quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Sobre Ele e ela. [Parte 5]



E o evangelho mudou de cara.

O evangelho se perdeu em algum lugar. Hoje, por algum motivo, renunciamos a cruz para discutir assuntos espirituais.



Por algum motivo que eu desconheço, o foco de reuniões tem sido o poder, revelações, manifestações, doações e não a vida e ensino de Jesus.

Os líderes que são respeitados são aqueles que mais causam alvoroço, e não aqueles que a vida transparece a intimidade com o Deus Pai, no quarto secreto.

Hoje os versículos decorados são mais bem vistos do que a vivência do primeiro mandamento.

Hoje em algum lugar, se trocou a cruz dia após dia, pelo reconhecimento humano.

Hoje, por algum motivo desconhecido a cruz traz consigo significado de morte e não da vitória dAquele que ressuscitou.

Hoje a cruz continua com alguém pendurado, e nós continuamos a massacrá-lO lá em cima, afinal, tudo o que Ele nos disse, foi deixado de lado, e as doutrinas do homem vencem pelo convencimento através da razão.

Hoje o evangelho não é para aquele que quer seguir, e sim para os que querem subir.

Hoje o pastor é profissional, e o que cuida das almas cobra por sessão de terapia.

Hoje a vida apresenta qualquer história, menos a história da redenção do homem.

Não sou daqueles que criticam tudo que surge por aí, sou daqueles que criticam tudo aquilo que vai contra a bíblia.

Não sou daqueles pessimistas que não vem uma solução em nenhuma hipótese, mas acredito que a única solução para tudo hoje é a rendição aos pés do Senhor, contando com a sua graça, pelos méritos de Cristo.

Não sou daqueles que consideram o homem um ser demoníaco em si mesmo, mas acredito que o seu destino é o inferno se não se converter e deixar que Jesus viva em seu lugar.

Não sou daqueles que não vêem esperança para humanidade, sou daqueles que acha que enquanto o dinheiro falar mais alto que o doente no hospital, o mendigo nas ruas, os drogados nas esquinas, etc, a humanidade não alcançará uma evolução.

Sou daqueles que acreditam que os valores devem ser transformados. Acredito que a história pode ser mudada, quando o ser humano for tratado como uma vida, e não como um número. Acredito que os assuntos espirituais são irrelevantes quando discutidos fora da cruz. Acredito que as revelações não são vindas do Pai, através do Espírito Santo, quando não manifestam os ensinamentos de Cristo.

Sou daqueles que querem a plenitude de Deus. O evangelho simples. A cruz vazia. A morte para o pecado. A santificação ao Senhor. A devoção por amor, e não por interesse. Sou daqueles que acreditam que o homem pode sim amar a Deus.


"Por esta razão, nós também, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós, e de pedir que sejais cheios do conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência espiritual; Para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra, e crescendo no conhecimento de Deus; Corroborados em toda a fortaleza, segundo a força da sua glória, em toda a paciência, e longanimidade com gozo; Dando graças ao Pai que nos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz; O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor; Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados; O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele. E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência. Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse, E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus. A vós também, que noutro tempo éreis estranhos, e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora contudo vos reconciliou No corpo da sua carne, pela morte, para perante ele vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis, se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na fé, e não vos moverdes da esperança do evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro" - Colossenses 1:9-23

A graça e a paz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário