quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Coração puro e sincero... Você tem um ?


O Eterno ama quem tem um coração puro e sincero 
e considera amigo quem expressa a graça de Deus no falar.
Provérbios 22.11 //A Mensagem

A essência da pureza é justamente a ausência de duplicidade, de engano, de hipocrisia. É ser totalmente transparente sobre quem você é, como está e o que sente. É desmascarar-se, despir-se, expondo-se. Pureza vem do grego “aploteti” que literalmente quer dizer “singularidade” ou “sinceridade”.

Sinceridade é uma palavra originada de sincero. Por sua vez, diz-se ter origem num termo romano “sine cera” – “sem cera”. Conta-se que os romanos fabricavam alguns vasos de uma cera especial e algumas dessas peças ficavam tão límpidos e excelentes que transpareciam o seu interior. Pareciam “não ter cera”. Em outras palavras: o sincero, à semelhança do vaso, deixa ver através de suas palavras os nobres sentimentos de seu coração.

É assim que Deus quer que sejamos, que reconheçamos quem  realmente somos, que estamos longe do Senhor e que somos pecadores, ao fazer isso, Deus nos perdoará e seremos salvos. Deus quer nossa sinceridade. Somos imagem e semelhança do Senhor e quando nos olha Ele se reconhece em nós; por isso não sejamos falsos.

A primeira coisa que o Senhor quer é a sinceridade. Ele quer o amor! O Senhor não pede aquilo que ainda não nos tenha dado, Ele se doou por inteiro a nós, por isso quer que também nos doemos por inteiro a Ele. A maior prova de amor é a nossa entrega sincera. Por essa razão, Deus nos quer livrar das fantasias, das falsidades, das diversões que nos encaminham para a morte. No momento em que você aparenta ser falso para alguém, o seu coração fica vazio porque a sua verdade não está vindo à tona; e isso não nos traz felicidade, mas sim, vazio. 

A falsidade é uma idolatria, pois por dentro dela existe a morte, a qual não pode fazer nada em seu favor. Assim como o dinheiro, que quando não bem empregado não lhe faz bem, sendo só uma aparência de vida boa, fazendo-o trabalhar sem parar como uma idolatria pelo dinheiro. O caminho de Jesus começa difícil, mas no final é maravilhoso. O Senhor quer lhe dar um coração voltado para o alto. Amar a Deus é servir ao seu irmão.

Quando é sincero no íntimo do seu coração, Deus devolve a sua vida, devolvendo-lhe a sabedoria, que é o sabor da vida. Sabedoria é saber (conhecimento) saborear a vida! Mentira não é somente o que sai de nossa boca, mas, muitas vezes, vivemos de acordo com o que não acreditamos. Se sua vida estiver construída na falsidade, você não será feliz.

“Ó meu Deus, criai em mim um coração puro,
 e renovai-me o espírito de firmeza. 
De vossa face não me rejeiteis, e nem 
me priveis de vosso Santo Espírito” 
(Salmos 50, 13 e 14).

Deus lhe dá alegria e muda o seu coração, criando-lhe um coração novo. Se você aceitar a vontade dEle, irá colher o que tem de melhor do Senhor, por ser obediente. 

“Restituí-me a alegria da salvação, 
e sustentai-me com uma vontade generosa” 
(Salmos 50, 15).

Que o Senhor plante dentro de nós um coração desligado da falsidade, puro e sincero, determinado na verdade e com um espírito decidido e resoluto que não cambaleia diante da vida. Firme no propósito de estar na presença do Senhor.

E bem sei eu, Deus meu, que tu provas os corações, 
e que da sinceridade te agradas; [...] 
1 Crônicas 29:17



Carol Cruz
Colunista

Nenhum comentário:

Postar um comentário