quarta-feira, 31 de outubro de 2012

4:20 orando

O AMOR LIBERTADOR MANIFESTANDO NA VIDA DE TODOS

Você sabe o que é "4:20"?

- 420, 4:20 ou 4/20 refere-se ao consumo de maconha e, por extensão, uma forma de identificar-ser com a subcultura canábis.

A data de 20 de Abril (4/20 na conotação de data dos EUA) é às vezes citada como "Weed Day" or "Pot Day" (Dia da Erva, Dia da Maconha). A crença mais popular no momento é que o termo teria sido inventado por um grupo de adolescentes da San Rafael High School em San Rafael, California, Estados Unidos em 1971. Os adolescentes iriam encontrar às 4:20pm para fumar maconha fora da escola. ¹

Em muitos países, o 20 de abril (4/20) é celebrado pelos apreciadores da erva. É a data escolhida para as manifestações sobre a legalização da maconha para todos os usuários e não especificamente para uso medicinal. ²
Geralmente, a hora 4:20 (16h20) é um convite aos adeptos em todo o mundo a fumarem um cigarro de maconha.³
No Brasil, esse termo "4:20" tem ganhado espaço entre os jovens das redes sociais. São pessoas que largam tudo o que estão fazendo para dar um "dois" como dizem por aí. 
Pensando nisso, decidimos nos levantar como corpo de Cristo e interceder pelos usuários, não só da maconha, mas de qualquer outra droga, nesse mesmo horário durante todo o mês de novembro. Iremos clamar para que eles sejam invadidos pelo amor libertador de Cristo Jesus, e por alguns outros motivos que iremos colocar abaixo. 
Estamos fazendo isso não em um modo de repreensão ou acusação. Não, longe disso. Estamos na verdade nos colocando na brecha, dizendo: "Ei, estamos juntos; nós te amamos; existe uma solução"
E precisamos de você nessa missão! Queremos que cada um, se possível, pare o que estiver fazendo, ou pelo menos comece a orar silenciosamente no trabalho, escola, afins..., nesse mesmo horário durante (14h20) o mês de novembro, colocando em suas petições a vida dos usuários de drogas, orando por pontos específicos e por uma genuína revolução na vida deles, e na nossa também. E que ao final dessa "campanha", você que conhece algum usuário, possa compartilhar essa experiência com ele, orando presencialmente com ele e chamando-o para ir a um grupo cristão que você participa. 
A oração é importante sim, mas também é necessário que façamos a diferença na vida deles caminhando juntos, rumo ao alvo, que é Cristo Jesus. Ensinando-os e exortando-os segundo a Palavra de Deus. 
"Que o Senhor Deus nos capacite e esteja a frente desse projeto, para que os alvos sejam alcançados e a glória seja de Deus. Em nome de Jesus. Amém!"
Motivos de oração
- Libertação (mente, vício, cultura canábis);
- Cura;
- Conversão;
- Domínio Próprio;
- Nome de Usuários que você conhece.




Equipe Piração Divina

Sobre o nós, porquê se alegrar em Deus e o Salmo 9


            "Senhor, quero dar-te graças de todo o coração e falar de todas as tuas maravilhas. Em ti quero alegrar-me e exultar, e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo. Quando os meus inimigos contigo se defrontam, tropeçam e são destruídos. Pois defendeste o meu direito e a minha causa; em teu trono te assentaste, julgando com justiça. Repreendeste as nações e destruíste os ímpios; para todo o sempre apagaste o nome deles. O inimigo foi totalmente arrasado, para sempre; desarraigaste as suas cidades; já não há quem delas se lembre. O Senhor reina para sempre; estabeleceu o seu trono para julgar. Ele mesmo julga o mundo com justiça; governa os povos com retidão. O Senhor é refúgio para os oprimidos, uma torre segura na hora da adversidade. Os que conhecem o teu nome confiam em ti, pois tu, Senhor, jamais abandonas os que te buscam. Cantem louvores ao Senhor, que reina em Sião; proclamem entre as nações os seus feitos. Aquele que pede contas do sangue derramado não esquece; ele não ignora o clamor dos oprimidos. Misericórdia, Senhor! Vê o sofrimento que me causam os que me odeiam. Salva-me das portas da morte, para que, junto às portas da cidade de Sião, eu cante louvores a ti e ali exulte em tua salvação. Caíram as nações na cova que abriram; os seus pés ficaram presos no laço que esconderam. O Senhor é conhecido pela justiça que executa; os ímpios caem em suas próprias armadilhas. Interlúdio. Voltem os ímpios ao pó, todas as nações que se esquecem de Deus! Mas os pobres nunca serão esquecidos, nem se frustrará a esperança dos  necessitados. Levanta-te, Senhor! Não permitas que o mortal triunfe! Julgadas sejam as nações na tua presença. Infunde-lhes terror, Senhor; saibam as nações que não passam de seres humanos" Salmos 9:1-20

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Introdução a Humildade


"Ser humilde com os superiores é obrigação, com os colegas é cortesia, com os inferiores é nobreza."
-- Benjamin Franklin

Em uma conversa informal no trabalho, uma questão foi colocada em pauta na mesa do almoço, e era: "O que é humildade para você?". Essa pergunta me deixou a pensar. "O que é humildade pra mim?"

De forma incipiente, pensei: "é saber se colocar no lugar de outrem, seja quem for, sem tratá-la com descaso."... Já a pessoa que estava do meu lado, resumiu em duas partes. Humildade é submissão a Deus, e ser humilde é ser pobre, sem muitos recursos.  

Gostei da definição dela. E creio também que humildade vai muito além do que se restringe a condição financeira. Trata-se mais de caráter  Hoje vemos pessoas humildes (sem condições financeiras) sem humildade (sem caráter, orgulhosas). Distorcendo a palavra e levando a humildade a níveis irreconhecíveis.  Na busca do significado dessa palavra, recorri ao dicionário, que deu a seguinte colocação:

Hu.mil.da.de s.f. 1. Qualidade de humilde. 2. Ausência de orgulho, de soberba; modéstia. 3. Pobreza; condição humilde.

Lendo essa definição, instintivamente foi arrematado para a própria vida de Cristo, o maior exemplo de humildade que já ouvi falar.

"De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz." Filipenses 2:5-8

Queria levá-los para a origem terrena de Jesus, onde nos depararemos com um contraste de Humildade e Glória. Ora, nascido de uma virgem em um estábulo ao lado de animais, em uma cidade chamada Nazaré - "pode sair algo bom de lá?" Disse Natanael (Jo 1.46)-, cujo 'pai' que o criou era um marceneiro, é no mínimo uma situação de humilde não é, pensando e levando em conta que Ele é o rei dos judeus? Mas é ao mesmo tempo gloriosa, pois é o próprio Deus quem o gerou naquela mulher, o Filho de Deus veio ao mundo, da forma mais humilde e gloriosa que podemos imaginar.  

Sendo em forma de Deus, não fez usurpação ser igual a Deus, antes esvaziou-se, tomando a forma de servo diz a palavra. Essa humildade de Cristo é, sobremaneira, a mais sublime e incomparável possível, e da qual nós, a partir do momento que o aceitamos como Senhor e Salvador, tornando-nos filhos junto dEle, devemos imitar. 

Ele nos diz que, não viemos para ser servidos, mas para servir. Que não há nada vexatoriamente baixo que, um filho de Deus possa fazer em detrimento do outro que não possamos realizar. Como um Senhor que lava os pés dos seus seguidores nós devemos ser.


 "Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo." Filipenses 2:3

Ele não só ensinou falando, mas mostrando também. Mostrou-nos que apesar de nossas fraquezas, devemos ser fortes e dar o outro lado da nossa face para bater. Ou seja, não pagarmos com a mesma moeda.

Ele simplesmente andou com quem ninguém queria andar, se assentou com quem ninguém queria falar. Relou naquele que nunca sequer ousariam passar perto, e morreu por aqueles que ninguém daria uma segunda chance sequer. 

Um ser igual a Deus, não fez usurpação ser igual a Deus, antes esvaziou-se, tomando a forma de servo. Ele mostrou que humildade tem mais haver com saber servir, sem se importar com quem você é ou com quem você pode servir, seja rei, seja um servo, do que com condição financeira. A questão não é que devemos nos humilhar diante dos homens. Não, não foi isso que falei. Somente Deus é digno da nossa humilhação. Mas o que quis dizer é, ainda que não tenhamos dinheiro, ou tenhamos, sejamos rei, ou servo, devemos tratar o nosso semelhante com respeito, de igual para igual. Porque debaixo de nossas roupas, somos todos pó criados por um mesmo Deus. 

Humildade significa terra fértil vem  da palavra húmus que significa: solo sobre nós. É a qualidade das pessoas que procuram se mantém no nível dos outros, ninguém é pior ou melhor do que os outros, todos estamos no mesmo nível de dignidade, de cordialidade, respeito, simplicidade e honestidade¹.

Ronnedy Paiva
Colunista

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

As 5 pedras !

Lendo a história de Davi (I Samuel 17) essa semana, me peguei pensando no porque dele pegar 5 pedras (I Samuel 17.40) para enfrentar o gigante Golias, afinal foi com apenas uma que ele derrotou o gigante (I Samuel 17.49). Estudando isso um pouco mais a fundo, vi que as pedras são as 5 "armas" fundamentais para que possamos enfrentar uma batalha, são elas:

1. A Pedra da Obediência: Davi podia muito bem ter dito ao pai que não iria ver os irmãos, mas Deus não se agrada da desobediência. Ele deu seu único filho para morrer por nós, o mínimo que podemos fazer é viver em obediência a Ele. A obediência é o principio da vitória.

Porém Samuel disse: Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocaustos
e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do Senhor?
Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar;
e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.
1 Samuel 15:22

2. A Pedra da Coragem: Você precisa ter coragem para encarar o que está por vir e também para o que ainda não sabe o que está por vir, quando Davi foi ao acampamento levar comida aos seus irmãos e saber como estavam (ISamuel 17.17-18), ele não tinha ideia do que iria enfrentar. Ele consegue porque é tomado pelo Espírito Santo naquele momento.

Porque Deus não nos deu o espírito de temor,
mas de fortaleza, e de amor, e de moderação.
2 Timóteo 1:7

3. A Pedra da Unção: Em I Samuel 16.11-13, Samuel unge Davi para ser o rei de Israel, e ele segue sua vida jamais se esquecendo dessa unção que está sobre ele. Muitas pessoas esquecem-se da unção de Deus sobre suas vidas e acabam caindo no meio da batalha. Você se lembra da unção que Deus derramou sobre você?
E a unção que vós recebestes dele, fica em vós,
e não tendes necessidade de que alguém vos ensine;
 mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira,
e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis.
1 João 2:27

4. A Pedra da Promessa: Davi cresceu como o filho mais novo de uma família, o que significava ter que cuidar das ovelhas e levar recados aos seus irmãos mais velhos. Mas ele jamais se esquecia da marca da promessa que tinha sobre ele, e durante esse tempo ao invés de reclamar, ele obteve um nível de fé em Deus que poucos devem tem alcançado.

Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade,
o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido,
fostes selados com o Espírito Santo da promessa.
Efésios 1:13

5. A Pedra da Fé: Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem (Hebreus 11:1), era isso que Davi tinha em Deus na hora de enfrentar o gigante, antes mesmo de lançar a pedra ele já tinha visto o gigante ao chão. Apesar de tudo estar mirando para o fim do poço você tem mirado e crido em Deus?

É impossível agradar a Deus a não ser pela fé. Por quê?
Porque qualquer um que deseja se aproximar de Deus
deve crer que Ele existe e que se preocupa o bastante
para atender aos que o procuram
Hebreus 11.6 //A Mensagem

Você tem obedecido a quem deve obedecer? Tem tido coragem nas suas atitudes? Tem se lembrado da unção sobre sua vida ? Não tem se esquecido das promessas? E acima de tudo, tem tido fé no Deus que você serve? Diante disso te desafio a parar pra pensar se todas essas pedras têm estado presentes em sua vida, pois essa é a vida de servo de Deus, ele anda sempre com as armas certas. 



Carol Cruz
Colunista




sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Vivendo no fogo, com fé (Isaías 33:14-24)

Pouco antes da escuridão assentar, os israelitas que estavam parados nos muros de Jerusalém, viram consternados o exército poderoso dos assírios,rodeando a cidade. Mas ao amanhecer, o campo inimigo estava deserto, e milhares de soldados  mortos espalhavam-se pelo chão. Que admiração e gratidão devem ter inundado os corações piedosos israelitas mas os perversos ficaram atemorizados!

O profeta Isaías retrata pecadores trêmulos , perguntando como podem viver com o "fogo devorador" e com "chamas eternas" (Isaías 33:14). Estas frases não se referem ao inferno, mas ao nosso Deus santo. Aqueles hipócritas estavam realmente perguntando: "Quem pode viver com Ele ?" A respostas de Isaías foi simples: " O que anda em justiça e fala o que é reto" (v.15). Não era suficiente, apenas participar do ritual religioso ; Isaías os lembrava que para viver na presença do fogo devorador, eles deviam obedecer a Deus.

O livro de Hebreus 12:29 nos recorda que "...Deus é fogo consumidor". Como é possível, então, ter um relacionamento íntimo com Ele? Jesus disse: "Se alguém me ama , guardará a minha palavra; e meu Pai o amará , e viremos para ele e faremos nele morada" (João14:23).

Se confiarmos em Jesus como nosso Salvador e procurarmos agradar-lhe, não precisaremos temer ao viver no fogo da Sua santidade.

                                                                              Fonte: Nosso Andar Diário

Como nosso Deus é maravilhoso não é ?! ..
Mas, quantas vezes temos fé e confiamos no maravilhoso amor e cuidado  Dele para com as nossas vidas ?
Quantas vezes, cremos que Deus pode derrotar todos os nossos inimigos , assim do dia para a noite?!
Na maioria das vezes ficamos presos só no problema, nos sentimos incapazes de passar por aquilo , e esquecemos de olhar para o alto, de onde vem o nosso socorro.

            
Deus , em momento nenhum nos abandona e jamais nos abandonará , mas , o que Ele espera de nós é que tenhamos fé , que confiemos naquele que pode TODAS AS COISAS . 
A sua fé, só é desenvolvida a partir de relacionamento de intimidade com Deus , que é esse fogo consumidor , citado no texto acima . Para que isso aconteça , precisamos OBEDECER, deixar as nossas vontades, VIVER A VONTADE DO PAI para as nossas vidas ...  


Por isso , se você está passando por um momento difícil , não olhe simplesmente para o problema , olhe para um Deus que pode muito mais do que você pode imaginar , um Deus que pode mudar a sua história, sua situação HOJE ..

Disse-lhes ele: Por causa da vossa pouca fé; pois em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele há de passar; e nada vos será impossível.   Mateus 17:20 

Desfrute de um relacionamento de intimidade com o Pai , e deixe que o FOGO CONSUMIDOR , consuma o seu coração ,a sua mente,  a sua vida para o nosso Senhor!

Deus abençoe !

                                                   Nathália Terra
Colunista

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Sobre nós, louvor e o Salmo 8




"Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a terra, pois puseste a tua glória sobre os céus! Tu ordenaste força da boca das crianças e dos que mamam, por causa dos teus inimigos, para fazer calar ao inimigo e ao vingador. Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; Que é o homem mortal para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites? Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste. Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés: Todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo, As aves dos céus, e os peixes do mar, e tudo o que passa pelas veredas dos mares. O SENHOR, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome sobre toda a terra!" Salmos 8:1-9

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

A pessoa Certa - #Post do Leitor


O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mal folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá. 
I Coríntios 13:4-8


Creio que a base de um relacionamento deve ser a amizade, mas não só aquela amizade nas horas boas, e sim sempre, em todos os momentos, principalmente nos momentos mais difíceis. Quando se unem estas duas forças, amor e amizade, nada pode destruir, nenhuma adversidade, nenhum obstáculo será intransponível, pois o amor tudo suporta.

O verdadeiro amor é aquele que nunca falha. É aquele que passa tudo, mediante todas as situações, “tanto na saúde como na doença, como na riqueza e na pobreza”. Por este motivo eu creio ser importante conhecer a pessoa antes de namorar e não namorar para conhecer. Um relacionamento não pode se basear apenas no sexo, deve ter algo a mais.

Não procure alguém simplesmente por um corpo ou um rosto bonito, pois a beleza de uma mulher está em sua personalidade e em sua simplicidade. A verdadeira beleza de uma mulher está dentro dela. E com o tempo, você vai perceber como é tão bom olhar para o lado e ver alguém que se preocupa com você, se está bem, se comeu, se dormiu direito, o que vai fazer a tarde ou simplesmente alguém que te escute.

Alguém que vai querer carregar as suas dores consigo e trazer lhe um pouco de alívio. Alguém que irá aceitar as suas falhas, perdoar os seus maus entendidos e respeitar os seus silêncios mesmo que não entenda. Alguém que você vai poder admirar quando estiver assistindo os filmes, mesmo quando ela dormir. Alguém que você vai poder ligar para dizer 'boa noite' e dizer que sente a sua falta, e que é uma tortura ficar longe dela. Alguém que você possa dizer, “Dormir pensando em você já virou rotina; sua voz faz acelerar o meu coração; Você não sai dos meus pensamentos e eu me questiono se isto é normal” ou algo do gênero. Alguém que você vai poder olhar no fundo dos olhos e dizer: “Você é a mulher da minha vida, você é a mulher mais linda do mundo, é minha princesa, é o meu amor incondicional”, mesmo ela estando descabelada e sem maquiagem. E pela primeira vez em sua vida, você vai acreditar no amor.

Mas como e onde eu posso encontrar esta pessoa certa?

Dica: Não procure a pessoa certa, mas seja a pessoa certa. Comece por você. Dê mais respeito a si próprio. Mostre o seu valor para os outros e as situações vão se ajeitando com o tempo.

E se o meu relacionamento não deu certo, o que eu faço?

Se um relacionamento não deu certo na sua vida, não significa que você é a pessoa mais azarada deste mundo, talvez não fosse o seu tempo, talvez você ainda não estava preparado para este momento, mais uma dica eu deixo: "Nunca desista e abaixe a cabeça por isto", apenas reflita e procure acertar naqueles pontos que VOCÊ ERROU, entenda bem, em que você errou, pois em alguns casos pode ter sido os dois ou apenas a outra parte a causadora da separação."

Mais principalmente, espere em Deus e deixa ele agir em sua vida. Coloque para ele todos os seus anseios. Confie nele. A pessoa certa Deus enviará no tempo certo, basta você crer, ter fé e ele proverá.



Alexandre Cavalari
#Post do Leitor

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Aprendendo a falar a linguagem de Deus – Parte 2


Porque qualquer que ainda se alimenta de leite 
não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino.
Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume,
têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.
Hebreus 5:13-14

                Precisamos de tempo para aprender a Palavra de Deus e conhecer seu coração. Embora muitas coisas estejam definidas na Palavra e seja obvio qual é a vontade de Deus, há outra coias que não estão escritas em preto e branco. Devemos conhecer o seu coração e sermos guiados pelo Espírito Santo.
                A Bíblia não diz que faculdade cursar, em que empresa trabalhar, que tipo de carro comprar ou quando trocar por um novo, quando comprar uma casa, etc. Quando trabalhamos em uma emprega e queremos promoção, esse desejo pode ser a vontade de Deus para nós; mas também pode ser cobiça. Como saber a diferença ?
                O tempo é a resposta.
                Leva tempo para conhecer a Deus, conhecer o nosso próprio coração e ser totalmente sincero com nós mesmos e com Deus. Leva tempo para aprender sobre motivações e  discernir se as nossas são puras.

“ Se for da Tua vontade”
... Nada tendes; porque não pedis.
Pedis, e não recebeis, porque pedis mal,
para o gastardes em vossos deleites.
Tiago 4:2-3

                Há algumas coisas tão claras na Palavra de Deus que não temos que orar “se for da tua vontade”.
                A salvação é um bom exemplo.
                Em ITimóteo 2.3-4 a Bíblia declara que é da vontade de Deus que todos sejam salvos e cheguem ao seu pleno conhecimento.
                Tiago 4.2 diz que não temos porque não pedimos. O versículo 3 diz que, às vezes, pedimos e não recebemos porque pedimos mal e por motivos egoístas.
                Às vezes é difícil pensar isso de nós mesmos, contudo é verdade, principalmente para o crente que não permitiu o processo de purificação de Deus em sua vida. Nesse estado, uma pessoa tem Deus dentro dela, mas também tem uma abundancia de “si” mesma.
                Quando o que pedimos não está claramente descrito na Palavra e não temos certeza da resposta de Deus, é sábio, e é um ato de verdadeira submissão, orar “seja feita a tua vontade.”
                Há uma diferença entre fé e confiança, tolice e presunção. A menos que a diferença seja discernida, a vida espiritual se torna uma tragédia em vez de um triunfo.
                Devemos resistir à tentação de brincar de ser o “Espírito Santo”. Pelo contrario, devemos deixar Deus ser Deus.

Equilíbrio, sabedoria, prudência, bom senso e bom julgamento
Todo prudente procede com conhecimento,
mas o insensato espraia a sua loucura.
Provérbios 13:16

                Hoje em dia no reino de Deus lideres e liderados têm dificuldades com o equilíbrio. A doutrina que se refere ao poder das palavras, à língua, à confissão, a proclamar as coisas que não são como se fossem e chamar coisas à existência é um exemplo em que pessoas chegam ao extremo. Parece que a carne quer viver à beira do caminho e tem dificuldade em se manter nos limites de segurança.

Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário,
anda em derredor, bramando como leão,
buscando a quem possa tragar;
1 Pedro 5:8

                Os extremos são, na verdade, o playground do diabo. Se ele não pode levar um crente a ignorar completamente uma verdade e viver decepcionado, sua próxima pratica será torna-lo tão parcial e sem equilíbrio com aquela verdade que não estará numa condição melhor do que antes. Às vezes, ele estará bem pior.
                A sabedoria é o tema central da Palavra de Deus. Na verdade, não há uma verdadeira vitoria sem ela. No dicionário Webster’s II New College, sabedoria é definida como: “1. Compreensão do que é verdadeiro, certo ou duradouro. 2. Bom julgamento, senso comum.” É fácil encontrar hoje em dia pessoas ate mesmo dentro da igreja que simplesmente não usam o bom senso.
                A sabedoria não é radical. Provérbios 1.1-4 diz que a sabedoria é cheia de prudência e a prudência é boa despenseira.
                No mesmo dicionário, prudência é definida como “administração cuidadosa, economia.” A forma do adjetivo, prudente, é definida como “usar bom julgamento ou bom senso ao lidar com assuntos práticos.” Dessa forma, podemos dizer que sabedoria é uma combinação de equilíbrio, bom senso e bom julgamento.
                Uma pessoa que prega a palavra de Deus tem a responsabilidade de se fazer entender de maneira sensata, para que as pessoas de qualquer nível espiritual o compreendam. Fazer a declaração generalizada de que “você pode ter o que diz”, sem qualquer explicação, é perigosa para um cristão imaturo. Teriam que completar tal declaração com: você pode ter o que diz, se o que diz está alinhado com a Palavra e a vontade de Deus naquele momento particular.
                Deus chama muitas pessoas para fazer alguma coisa, e estão cheias do que Deus colocou na vida delas, mas se não forem cuidadosas, podem ficar tendenciosas. Podem começar a agir como se o que estão ensinando fosse a única coisa importante na Bíblia. Isso pode não ser intencional, mas é nessa hora que se tem a necessidade de parar e pensar se o material esta sendo apresentado de forma equilibrada, os “bebes em Cristo” só conhecem o que é ministrado a eles e nada mais.
                Creio fortemente no poder da confissão. Creio que devemos falar para nossas montanhas e também que muitas, senão a maioria das respostas aos problemas esta definitivamente bem debaixo do nosso nariz – na língua. Creio fortemente na maturidade do crente, na crucificação da natureza carnal, na morte do egoísmo, na necessidade da obediência e  na submissão ao Espírito Santo.

O que contamina o homem não é o que entra na boca,
mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem.
Mateus 15:11

Parte 1
                 Post baseado no livro Eu e minha boca grande - Joyce Meyer.

Carol cruz
Colunista

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

2.0, Rm 05 e Esperança

"Mas ainda há muito mais. Continuamos a expressar nosso louvor, mesmo que estejamos cheios de problemas, porque sabemos que os problemas podem desenvolver em nós paciência e como a paciência, por sua vez, forja o aço temperado da virtude, mantendo-nos atentos quanto ao que Deus pretende fazer; desse modo, passamos a ter esperança. Com essa expectativa, jamais nos sentiremos enganados. A verdade é que nem temos como reunir todas as vasilhas necessárias para enche com tudo que Deus generosamente derrama sobre nossa vida, por meio do Espírito Santo!" Romanos 5.3-5 //A Mensagem

Hoje, 08/10, eu completo vinte anos de idade, e estou aceitando presentes! muito grato por mais um ano de vida que Deus tem me concedido. E começo a recordar com minha memória limitada tudo o que Deus fez, e fico muito agradecido pela Sua provisão. Em cada detalhe que eu, míope, não consigo perceber, tem a Sua mão poderosa 'no meio'. E é tão maravilhoso ter em quem confiar, e saber que essa confiança não falha. 


Quem tem acompanhado os meus 'Posts' viu que a algum tempo atrás eu escrevi sobre "Meu Deserto Particular para Adorar", onde conto alguns percalços que vivi e tenho vivido na minha vida, mas que apesar disso, tenho me animado no Senhor, e não deixado de adora-Lo.

Nesses vinte anos, olho para trás e vejo quão difícil foram algumas coisas, mas que depositando minha confiança no Senhor, pude superar e sair vitorioso. E ainda sem poder ver alguns 'pontos' da provisão de Deus em algumas áreas específicas da minha vida, entreguei a Ele em oração os meus planos, e tudo mais. E gostaria de compartilhar uma dessas orações que fiz, e em especial essa, após ter lido Romanos 5.3-5, orei mais o menos da seguinte forma:

"Deus, não peço cargas mais leves, mas ombros mais fortes... E embora eu não consiga ver com perfeição as Suas saídas, confio em Ti... Tem sido difícil sim, confesso, mas Deus, se todo esse 'deserto' é para gerar em mim paciência, e dessa paciência esperança, e esperança em Ti, eu quero que esses problemas aumentem, porque Deus, eu quero ter uma Confiança Plena, uma Fé Inabalável no Seu senhorio; quero ser testado no fogo Deus, e sair de lá moldado conforme o Teu querer... Deus, sei que se Tu quiseres, pode gerar em mim Fé sem essas lutas, mas que, contudo seja feita a Tua vontade em mim... Amém."

O versículo 03 da passagem de Romanos 05, na versão Almeida, diz o seguinte: "E não somente isso, mas também nos gloriamos nas tribulações." Parece loucura essa oração não é!? Pedir mais problemas? Vai ficando mais velho e mais louco, só pode.  

Sim, é loucura, mas Deus escolhe as coisas loucas para confundir as sábias (1 Co 1.27). E não fiz essa oração no desespero, mas na confiança que Deus assim pode fazer. Porque muitas vezes acabamos confiando em nossas tênues forças, e ainda acabamos caindo na tolice de culpar a Deus pela nossa falta de Fé, e a nossa cara no chão. Mas parece que quanto mais buscamos o Reino de Deus, mas problemas nos cerca. As tentações são maiores, os erros mais perceptivos, e as dores mais dolorosas

Onde está a Paz, ou a Esperança em tudo isso? O problema é que sempre esperamos cargas mais leves, problemas mais fáceis, e assim em nós, vai gerando uma pseudoconfiança, uma superficialidade de fé. E Deus não quer algo superficial.

Quando é 'pegado mais leve', quando o' treino' é menos pesado, nunca adquiríramos resistência maior. Sim, é verdade que começamos com uma fé pequena, mas isso deve crescer, como um grão de mostarda, insignificantemente pequeno, mas que com o passar do 'tempo' vai crescendo, e gera frutos. E como esse grão, precisamos flourescer, precisamos na verdade é ser testados, colocados a prova, para que assim, saibamos nossas limitações, mas tenhamos Fé que com Deus, já temos vitória apesar de nossas fraquezas. E isso vem através de problemas. "Você nunca sabe a força que tem, até que a sua única alternativa é ser forte" dizem por aí não é!? Mas a nossa força não vem de nós, vem dos céus!  

E a cada vez que, com esperança em Deus passamos por dificuldades, é gerado em nós confiança, fé, e assim, vamos galgando em esperança, aumentando a nossa debilitada Fé, gerando em nós perseverança, perseverança de que podemos continuar, mesmo com o mundo caindo ao nosso redor, adorando a Deus confiadamente, perseverando em Sua fidelidade, e sabendo que Ele não falha.

Sou grato por saber que, em tudo Deus estava presente. Sim, inclusive nos problemas, me auxiliando e moldando. E sei que posso esperar confiadamente nEle, porque Ele não falha. E apesar das lutas, vou adora-Lo porque Ele é, e sempre será o autor e consumador da fé (Hb 12.2). 

Hoje consigo perceber, e fico grato por cada problema, por Ele não ter me rejeitar quando falhei, e por me amar apesar disso. Sou grato pela Sua Palavra que transcende o natural e o sobrenatural, pela confiança de que nEle posso esperar confiadamente, e saber que apesar das dores, do sofrimento do presente, o que está por vir não pode ser comparado com o agora. A glória será maior do que tudo (Rm 8.18). 

"Porque em esperança fomos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê como o esperará? Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos. E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. Que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos. Sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito." Romanos 8:24-28

Não consigo reunir todas as vasilhas necessárias para encher com tudo o que Deus generosamente derramou nesses vinte anos de vida. Apesar das lutas e dos percalços, as dores não podem ser comparados com as glórias, com os sorrisos que por Ele pude soltar. Deus maravilhosamente tem me auxiliado, e sei que nEle posso confiar. 

Que Deus nos abençoe!


Ronnedy Paiva
Colunista

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Poder do Evangelho

"Uma das razões pela quais muitos cristãos hesitam em testemunhar sobre Cristo, é que temem o fracasso. Eles se esquecem do poder transformador do Evangelho."

Peter V. Deison em seu livro The Priority Of Knowing God (Conhecer Deus - uma prioridade) relata sobre a vida de Ramad, um homem da Índia membro de uma gangue de ladrões. Certa ocasião, enquanto assaltava uma casa, Ramad  observou um pequeno livro preto com páginas bastante finas, o tipo certo de papel para fazer cigarros. Assim, ele o levou. Cada noite ele rasgava uma página, enrolava o seu tabaco, e fumava. Percebendo que as pequenas palavras escritas eram em seu idioma, começou a lê-las, antes de fazer delas um cigarro.

Certa noite após ler uma página, ajoelhou-se no chão, e pediu ao Senhor Jesus que perdoasse os seus pecados, e o salvasse. Ele então se entregou à justiça, para espanto dos policiais. Ramad, o bandido, tornou-se prisioneiro de Jesus. Na prisão, onde servia sua sentença, ele levou muitos outros ao Salvador.

Qual era o livro que ele estava lendo? Era a Bíblia. O Espírito Santo, usou o "Evangelho de Cristo" e esse se tornou para Ramad "... o poder de Deus para a salvação"

"Como há grande poder no evangelho, podemos sempre compartilhar as boas novas com confiança."
          Nosso Andar Diário


Por muitas vezes, nós cristãos, ficamos acomodados em nossas vidas, até mesmo com Deus. Somos egoístas a ponto de pensar "aah, o que importa é o MEU relacionamento com Deus", o que é uma grande enganação.

Como já comentei, em outro post, a vida de um cristão é vista pelo Fruto do Espírito, se temos tanta intimidade com Deus assim, porque não levamos o amor Dele para as pessoas que precisam? Pessoas, que passam por momentos difíceis, que estão ansiando pelas boas novas (salvação).

Através da nossa geração, vejo o porque que Deus tem levantado cada vez mais homens, mulheres, jovens e crianças para fazerem a diferença. Deus tem nos chamado claramente para isso, mas estamos tão acomodo né, que deixamos para lá (!?).

Nessa semana pude experimentar algo muito diferente com Deus, eu disse : "Deus, quero que o Senhor me use para que eu faça a diferença na vida de alguém".

Ele tem me incomodado muito com relação a isso: FAZER A DIFERENÇA.

E Deus é tão maravilhoso que, Ele prepara o momento certo, as palavras certas, e foi uma benção. Mas, também não foi fácil, porque o inimigo se levanta de uma forma enorme quando nos dispomos a estar no altar de Deus, a nos entregar mesmo para aquilo que Ele nos chamou para fazer.

"Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda a criatura."
                                                                             Marcos 16:15

Por isso que temos que buscar cada dia mais, a presença de Deus, para que possamos ser fortes para resistirmos àquilo que o inimigo irá colocar quando estivermos buscando fazer a diferença na vida de alguém.

As suas atitudes é a melhor maneira de fazer a diferença, mas, temos nos policiado quanto a isso? As pessoas que estão ao seu redor, sabem que você é cristão? Quantas vezes, de verdade , paramos para nos perguntar se existe alguém ao nosso lado que está na mesma situação que Ramad, já paramos para pensar também que, algo diferente que fazemos pode MUDAR o dia e até a vida da pessoa, com a nossa alegria, com o amor?!

"Porque a ardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus."                                                                                                                  Romanos 8:19

E a melhor maneira para que se concretize isso é, crer no poder do evangelho para que isso reflita em nossas vidas, para que assim, consigamos cumprir o chamado de Deus para as nossas vidas, que é SER LUZ EM MEIO AS TREVAS


E se você ainda não conhece o poder libertador do Evangelho de Jesus, eu quero te dizer que Deus tá te chamando hoje para experimentar e desfrutar das maravilhas desse amor. Que é muito maior do que você possa imaginar, maior do que todo problema, maior do que toda dor, Deus quer te libertar, e tenho a convicção de que essa ferramenta que Deus nos deu, o Blog Piração Divina vai fazer diferença em sua vida, através do Espírito Santo. E assim como se tornou para Ramad, o Evangelho de Cristo pode se tornar HOJE para você o poder de Deus, para a salvação!

Deus abençoe !!

                                                                                            Nathália Terra
                        Colunista

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Sobre nós, Deus, o salmo 7.



            Sou realmente grato a Deus, por tudo que Ele tem me ensinado nesse estudo do livro de salmos. A palavra de Deus é viva, e fala verdadeiramente aos nossos corações. Esse talvez seja um dos salmos que estudei até hoje que mais falara ao meu coração. Que verdadeiramente o Espírito Santo de Deus, usou para me fazer entender um pouco mais da pessoa de Deus, do seu caráter e de suas ações. Espero que as verdades que aprendi nesse texto falem também ao seu coração, e assim, cresçamos na presença do nosso Senhor.

            "Senhor meu Deus, em ti me refugio; salva-me e livra-me de todos os que me perseguem, para que, como leões, não me dilacerem nem me despedacem, sem que ninguém me livre. Senhor meu Deus, se assim procedi, se nas minhas mãos há injustiça, se fiz algum mal a um amigo ou se poupei sem motivo o meu adversário, persiga-me o meu inimigo até me alcançar, no chão me pisoteie e aniquile a minha vida, lançando a minha honra no pó. Levanta-te, Senhor, na tua ira; ergue-te contra o furor dos meus adversários. Desperta-te, meu Deus! Ordena a justiça! Reúnam-se os povos ao teu redor. Das alturas reina sobre eles. O Senhor é quem julga os povos. Julga-me, Senhor, conforme a minha justiça, conforme a minha integridade. Deus justo, que sondas as mentes e os corações, dá fim à maldade dos ímpios e ao justo dá segurança. O meu escudo está nas mãos de Deus, que salva o reto de coração. Deus é um juiz justo, um Deus que manifesta cada dia o seu furor. Se o homem não se arrepende, Deus afia a sua espada, arma o seu arco e o aponta, prepara as suas armas mortais e faz de suas setas flechas flamejantes. Quem gera a maldade, concebe sofrimento e dá à luz a desilusão. Quem cava um buraco e o aprofunda cairá nessa armadilha que fez. Sua maldade se voltará contra ele; sua violência cairá sobre a sua própria cabeça. Darei graças ao Senhor por sua justiça; Ao nome do Senhor Altíssimo cantarei louvores". Salmos 7:1-17

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Para não dizer que não falei das flores


Não se preocupem com o que comer, beber ou vestir, mas busquem em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Esta recomendação de Jesus aos discípulos é geralmente interpretada como uma declaração de Deus prometendo que os que cristãos fiéis jamais passarão fome, sede ou frio, isto é, terão suas necessidades físicas e materiais absolutamente supridas. Mas parece que não é só isso.

Não foram poucos os cristãos que ao longo da história sofreram privações extremas, alguns deles justamente porque buscaram o reino de Deus e sua justiça em primeiro lugar. Ainda hoje, temos à nossa volta centenas de milhares de cristãos vivendo na pobreza, em condições desumanas. Muitos são perseguidos e mortos por sua fidelidade a Jesus e ao reino de Deus. Será que todos são infiéis? Será que Deus se esqueceu ou desistiu de cuidar deles? Há algo errado com Deus, com os nossos irmãos, ou com a maneira como interpretamos a promessa de Jesus? Prefiro a terceira hipótese.

Jesus quis dizer pelo menos três coisas com sua palavra a respeito da primazia do reino de Deus. Primeiro, deixou claro que, caso viessemos a passar por privações, não faria sentido imaginarmos que Deus se esqueceu de nós, pois se Ele cuida das flores e dos passarinhos, como deixaria de cuidar dos seus filhos? A privação se explica por outro motivo que não o abandono ou descuido de Deus. Em segundo lugar, Jesus quis deixar claro que os cristãos não mais se preocupam com comida, bebida e roupas, mas com o reino de Deus. Na verdade, Jesus disse que deveríamos escolher viver para o nosso reino ou o reino de Deus.

Finalmente, Jesus quis dizer que Deus jamais sonegaria todas as coisas necessárias para a sobrevivência dos seus filhos. Acontece que a promessa não é para cada cristão individualmente, mas para os cristãos como corpo, como família, como unidade espiritual, de modo que o não passar privações depende da capacidade da comunidade dos discípulos repartir tudo quanto já recebeu de Deus. O fato de um cristão passar por privação não diz nada a respeito de Deus, mas tudo a respeito da comunidade cristã. Entre os discípulos de Jesus “ninguém considera seu o que possui”, de modo que “quem colhe demais não tem sobrando e quem colhe de menos não tem faltando”, e nesse caso, quando um cristão passa fome, a comunidade está em débito.

A questão é a seguinte: quanto mais vivemos determinados pelo conforto material, mais indiferentes seremos às necessidades dos outros. Quanto mais vivemos para o reino de Deus e sua justiça, menos privações haverá ao nosso redor. Resta saber como queremos viver: preocupados com comer, beber e vestir, ou dedicados a promover a justiça do reino de Deus.


Texto de Ed René Kivitz