sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Levante-se.

Em dia subsequente dirigia-se Jesus a uma cidade chamada Naim, e iam com ele os seus discípulos e numerosa multidão. Como se aproximasse da porta da cidade, eis que saía o enterro do filho de uma viúva; e grande multidão da cidade ia com ela. Vendo-a, o Senhor se compadeceu dela e lhe disse: Não chores! Chegando-se, tocou o esquife e, parando os que o conduziam, disse: Jovem, eu te mando: Levanta-te. Sentou-se o que estivera morto e passou a falar; e Jesus o restituiu a sua mãe. Todos ficaram possuídos de temor, e glorificavam a Deus dizendo: Grande profeta se levantou entre nós, e: Deus visitou o seu povo.”

Lucas 7:11-16


Esse relato da ressurreição sobre o filho da viúva mostra o poder de Jesus sobre a morte. A morte para Cristo já era vencido antes mesmo dela ir para a sua morte, a morte de cruz. Lucas relata que havia duas numerosas multidões: uma que seguia Jesus e outra, que seguia para o enterro do filho da viúva. Entretanto, no meio do caminho ouve um fato inédito e que é relatado somente no Evangelho de Lucas que é característico a valorização das mulheres.

Viúva, uma mulher que já sofreu a perde de seu esposo uma vez. Então, essa viúva sabia como é a dor quanto perdemos um pessoa querida, imagine então, quando perdemos o nosso filho, não há relatado se era seu filho unigênito, o homem da casa, mais sabemos, que essa mulher estava sofrendo por causa disso, por causa dessa perda.

E Jesus ao deparar com ela teve compaixão. Jesus não deixou de observar aquela viúva que tinha perdido seu filho. A primeira atitude de Jesus foi em ir até ela e consola a vida dela: “Não chores!” (v. 13) mostrando que seus problemas haveriam de ser resolvidos. Moisés também participou da presença de Deus quando disse:

Certamente vi a aflição do meu povo, que está no Egito, e ouvi o seu clamor por causa dos seus exatores, Conheço-lhe o sofrimento, por isso desci a fim de livrá-lo da mão dos egípcios.”                                                                                                                                             Êxodo 3:7-8ª
                O Evangelho chama a toda a gente, em particular aos jovens: Levantem-se dentre os mortos, e Cristo os iluminará. Quando Cristo lhe deu vida, viu-se que o jovem sentou. Temos a graça de Cristo, pois certo devemos mostra-la.

                Cada vez que Cristo dá vida espiritual, abre os lábios em oração e louvor. Quando as almas mortas são levantadas para a vida espiritual pelo poder divino do evangelho, devemos glorificar a Deus, e considerá-lo como uma visita de graça a seu povo. Procuremos ter um interesse tal em nosso Salvador compassivo, que possamos esperar com gozo a época em que a voz do Redentor chamará a todos os que estão nos sepulcros. Que sejamos chamados à ressurreição da vida, não à de condenação.


Rennan Reichardt
Colunista

Nenhum comentário:

Postar um comentário