sexta-feira, 3 de agosto de 2012

I Like to Lie

  Mentir, mentir, mentir, mentir! É incrível a facilidade que temos de soltar uma “mentirinha”, inventar uma história, dar uma desculpa. Mentimos com muita mais facilidade do que falamos a verdade. E conforme mentimos  se torna natural a nossa boca, se torna parte do nosso dia-a-dia.

  Uma mentira não se sustenta sozinha, para sustentar uma mentira inicial temos que inventar outra e outra, o que acaba tornando um ciclo vicioso. Chega-se ao ponto de não saber mais o que é verdade e o que não é, e ao ponto de não se lembrar mais o que disse e acabar dando uma “bola fora” fazendo a mentira descoberta.

  Uma mentira quando descoberta causa um estrago gigante. É como os ditados populares dizem:  “mais vale uma verdade doida do que uma mentira enfeitada.” “mentira tem perna curta”. Cedo ou tarde ela será descoberta, e quando descoberta sua consequência é muito maior do que se a verdade for dita desde o princípio.

A Bíblia diz que quem mente está fora da presença de Deus.

“Quem pratica a fraude não habitará no meu santuário; o mentiroso não permanecerá na minha presença. “ Salmos 101:7

E que o pai da mentira é o diabo.

"Vocês pertencem ao pai de vocês, o diabo, e querem realizar o desejo dele. Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira." João 8:44-45

Jesus nos ensina que por sermos novas criaturas que nos revistamos da verdade e esqueçamos a mentira.

Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práticas e se revestiram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador." 
Colossenses 3:9-10

Portanto, devemos buscar uma vida correta, com os olhos no foco, que é Jesus, e viver a verdade de Deus e andar na luz dele.



Marianna Moreno
Outros

Nenhum comentário:

Postar um comentário