terça-feira, 3 de julho de 2012

"oi, será que eu posso te ajudar?" - Jesus

        
         Ando preocupado. Não sei se é comigo. Não sei se é com os outros. Não sei se é a vontade de ajudar todo mundo. Não sei se é a vontade de agradar todo mundo. Vontade de abençoá-los de alguma forma entende? Uma oração, um abraço, uma conversa, um olhar, uma opinião. Ser aquela pessoa que todos pensam em primeiro lugar para serem suas companheiras. Gostaria de ser assim, querido por todos.

Me lembro de alguns caras que foram assim como hoje, eu quero ser. Que gostavam de estar perto de todos, abraçando todos, ajudando todos. Sendo útil e servo. Me lembro dos seus finais também. Acho que a máxima: ‘os bonzinhos sempre se ferram’, na maioria das vezes, faz jus.

Sinto uma simpatia pela bíblia. Gosto de Deus e de seus feitos maravilhosos. Gosto de pensar em sua criatividade para criação do céu, da terra e de tudo que neles há. Gosto de pensar as vezes também, em qual propósito estaria pensando Deus, ao criar o homem. Mais especificamente, penso todos os dias em qual propósito Deus teria pensado para me criar, e para te criar também.

São duas perguntas chaves. Vale a pena ser cristão? E para que eu fui criado? Em um único sermão pregado por Jesus, encontro as respostas para essas dúvidas pontuais.

*Obs: Cristão - aquele que tem como principal atividade diária, buscar, imitar, viver, demonstrar e parecer com Jesus Cristo.

“Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados; Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra; Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos; Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia; Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus; Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus; Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós. Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus” Mateus 5:3-16


Não sei bem o porquê desse texto. Não sei dizer o motivo de dizer pra você agora que Aquele que te prometeu é fiel pra cumprir. Que Ele não é homem para mentir nem filho de homem para se arrepender. Que Ele permanece fiel mesmo se formos infiéis. Ele cuida de você. Ele sabe do que você tem passado. Ele sabe que você O quer, mais do que tudo.

O que eu posso te dizer com toda certeza, Deus te ama.

Não porque você é bonzinho. Não porque você sofre. Te ama porque você é você. Aos Seus olhos, você é tudo para Ele. Uma vida causa festa no céu. A terra seria entregue por uma vida. O filho dEle morreu numa cruz, por uma vida, a sua.

Que Deus te abençoe. 


Mateus Machado
Colunista

Nenhum comentário:

Postar um comentário