segunda-feira, 30 de julho de 2012

Eu te perdoo

"Esperamos tudo e de todos, mas de repente enquanto andamos, somos surpreendidos com uma flechada bem no meio das costas. E ainda com lágrimas no rosto, olhamos para trás para ver quem atirou, e sem entender, percebemos que foi a pessoa que mais confiamos na terra. E a pior dor não é da flechada em si, mas de saber quem atirou... Será que em uma situação dessa, estaríamos prontos para perdoar e dar as costas novamente?" 



Essa é uma daquelas perguntas que conflitam a nossa mente. Pois a bíblia diz que devemos perdoar, mas a nossa mente não quer isso. Ela deseja vingança!


"Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu hei de perdoar? Até sete? Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete; mas até setenta vezes sete." Mateus 18.21-22

Qual seguir, a vontade de Deus ou da carne? 

"Eu porém, vos digo que não resistais ao homem mau; mas a qualquer que te bater na face direita, oferece-lhe também a outra." Mateus 5.39

Quando Jesus disse isso, Ele não estava falando para sermos idiotas e sairmos aí apanhando de todos, confiando cegamente no homem. Até porque Jeremias 17.5 já nos alerta dizendo que maldito é o homem que confia no homem. Jesus na verdade está falando para não sermos iguais ao homem mau, pagando 'na mesma moeda' como seria de preste.

Sabe aquela história: "Olho por olho e dente por dente?". Então, Jesus aniquila isso. Ele diz: "Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam; Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam." Lucas 6.27-28


Se uma pessoa te fere, e você quer se vingar, vingue-se orando por ela, amando-a. Assim, você deixará ela totalmente sem 'eira e beira'. Porque todos esperam uma atitude da carne, mas se você escolhe Deus, você mostrará a atitude de Cristo. Que é o amor!


"Se você vir seu inimigo com fome, pague um almoço para ele; se ele estiver com sede, traga uma bebida. Sua bondade o deixará sem ação, e o Eterno recompensará você." Provérbios 25.21-22// A Mensagem

E embora isso não seja fácil, é a melhor coisa a fazer. Entregar a Deus e esperar. Levar dentro do peito um sentimento de ódio te deixará totalmente absorto em maldade, mas quando você escolhe amar, apesar das falhas, você se encherá de graça, perdão e amor.

Como quando Jesus foi traído na noite de Sua crucificação. Judas, um dos seus discípulos o traiu com uma das piores das flechadas possíveis, ele O beijou, entregando assim Jesus a morte... Mas ainda ouve outra traição naquela noite. Sabe aquele parceiro que você confia e conversa tudo, mesmo ele sendo às vezes uma 'besta'? Então, creio que Pedro era assim para Jesus, mas ele terminou de enfiar a flecha em seu Mestre o negando três vezes que o conhecia.

Mas isso não deteu Jesus, e Ele não disse: "Olha, eu vou morrer por todos menos para Judas e Pedro". Não, Jesus cumpriu a vontade de Deus. Ele amou incondicionalmente e morreu pelos pecados de todos.

Se alguém te magoou, perdoe. Se você magoou alguém, peça perdão. Mas não deixe que isso o tire do centro da vontade de Deus. Não faça com que o ódio tome o lugar do amor. Não perca as estribeiras. Cumpra a vontade de Deus, pois Ele é quem irá te satisfazer, e em quem você pode realmente confiar.

Se for para dar as costas, que seja. Pois a caminhada nunca é para trás, o alvo está sempre a frente!

Que Deus te abençoe!

Ronnedy Paiva
Colunista

Nenhum comentário:

Postar um comentário