terça-feira, 12 de junho de 2012

"-você não sabe o que se passa aqui por dentro..."


            Namorar tem várias definições. Definições particulares e únicas. Respeitáveis, pois tratam de um conceito, um conjunto de palavras usadas para dar significação e sentido a um sentimento, o amor por uma outra pessoa.

            Para mim a palavra namoro é prazer em estar perto. Obviamente, com certa exclusividade e particularidade com a pessoa escolhida, você tem a liberdade de agir de forma um pouco mais íntima (beijos e chamegos especiais) para com ela.

            Defino namoro como o prazer de se conversar, de estar perto, de ‘perder tempo’, de ‘ganhar tempo’, de flertar, de sorrir, de abraçar, de se alegrar, de ganhar pequenos gestos com grandes significados. Namoro, nada mais é, senão o preparo para o casamento, um conhecimento do casal de forma mais íntima do companheiro para sua vida.

           
            Namoro é: conhecimento, prazer de estar perto, enfim, namoro é namorar. O que para vocês é licito, para outros não. O que para vocês é conveniente, para outro casal é idiotice. Afinal, que casal de namorados, quando no ápice do relacionamento são se parecem com ‘abestados’?

Afinal, quem não sonha em voltar aos momentos de timidez que a menina e o rapaz tinham quando conversavam pelas primeiras vezes? Afinal, quem não sonha em se realizar, não por se fazer feliz, mas proporcionar alegria a outra pessoa, pelo simples fato de ela estar ao seu lado e conviver com você.


Um proporciona ao outro, momentos inesquecíveis, não por surpresas,  espetáculos, palavras, atitudes, mas por ter ao seu lado ele(a) ali, prestando atenção somente em você. Ter a segurança de que não precisa ser o centro do universo, mas que em um universo, você é o centro e não quer abrir mão disso.
           
Já disse, o que penso sobre amor. Já disse o que penso sobre sexualidade, sentimentos e compromissos. Já disse que muita coisa passa, mas o amor, quando verdadeiro, permanece. Apoio os casais em formação, apoio os casais já formados, e acredito na reconciliação de alguns outros.

Talvez, como Fernando Pessoa: “Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Ou talvez, você deva abrir mão de tudo. Sim, tudo. Orgulho, ego, pessimismo. Sei lá, tudo que te impede de ser feliz.

Dois versículos bíblicos: “Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela” Efésios 5:25 / “Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz”. Filipenses 2:7-8.

Fecho o texto com dois trechos que falam sobre entrega, da única pessoa que amou-nos de forma perfeita, entregando-se a si mesmo. Acredito fielmente que para que seu relacionamento seja feliz, há-se necessidade de uma entrega mutua.

Primeiramente a Deus – para que Seus planos se cumpram sobre o casal; depois o compromisso de fazer o companheiro feliz, e alcançar então a felicidade de quem se ama. Que Deus abençoe seu relacionamento.



Feliz dia dos namorados.

Mateus Machado
Colunista

4 comentários:

  1. Linda postagem e Objetiva, Deus continue te abençõando muiiitão .... FELIZ DIA DOS NAMORADOS :) ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, que Deus te abençoe também Bruna. (:

      Excluir
  2. Que lindo lindo *-*
    "Abençoa Deus cada dia mais.." <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém Ju, que Deus te abençoe também :D

      Excluir