quarta-feira, 6 de junho de 2012

"Pai, eu cai e me machuquei"

Levanta a mão aí quem já levou aquele tombo. o/

É, não tem como, todos já caíram alguma vez.

- Eu nunca cai.
- Caiu sim! Quando você era pequeno, queria andar, mas não sabia ainda. E entre alguns passos e outros, você perdia o equilíbrio e caía. Isso é fato, pergunte a sua mãe.

Continuando... Quando caímos, mesmo que nos machuquemos, não podemos ficar no chão. Temos que nos levantar e ir à busca da ajuda necessária. E então vamos ao encontro de nossa mãe, ou pai, e mostramos nosso 'ralado', relatando como aconteceu, e ainda falando: "Mas eu nem chorei!".

E preocupada, a mãe, ou pai, trás um vidrinho com uma 'suposta água', e joga em cima do machucado. E antes de perguntar, você descobre que é álcool, e que serve para matar as bactérias e limpar o ferimento. Aí meu jovem, se você não chorou antes, pode chorar agora, porque arde muito.

Alguns dizem que arde porque as bactérias estão morrendo. #PapoDeVóNé!?

Não sei se foi assim com vocês, mas geralmente era assim que acontecia comigo. E depois de algum tempo, o machucado ia cicatrizando, criando uma 'casquinha', que com o tempo caia. E é aí que mora o perigo. Se  não obedecêssemos nossos pais, e não tomássemos um cuidado redobrado, poderíamos acabar caindo no mesmo lugar, reabrindo assim o ferimento, e tento que passar por todo aquele procedimento novamente.


A nossa caminhada com Deus é parecida. Nós conseguimos ver os grandes buracos, as grandes pedras, que podem ser representadas aqui como: Matar, roubar, ou adulterar. Pecados considerados notáveis! Mas lembre-se, para Deus, todo o pecado é pecado... E enquanto tentamos desviar dessas transgressões, acabamos caindo é nos buracos pequenos. A mentira, a cola de uma prova, ou então o espalhar de uma fofoca... Coisas que parecem inofensivas, mas que podem muito bem machucar.

Aí vamos nos apresentar diante do Pai, pedindo perdão. E Deus nos perdoa, e toma as medidas necessárias para nos limpar de todo pecado, cuidando de nossos ferimentos. Mas Ele não usa o álcool. Deus usa o sangue de Jesus para nos lavar. E dói.

Dói porque para que sejamos completamente limpos, precisamos obedecer a Deus. E se, por exemplo, mentimos, temos que nos retratar, se espalhamos uma fofoca, temos que pedir perdão à pessoa. E isso não é fácil. Imagina você falando para a sua professora: "Eu não mereço essa nota, pois eu colei."

É demasiadamente difícil. Como Issac Newton disse: "Toda ação tem uma reação". Deus não faz isso para que nós passemos vergonha ou como alguma forma de nos punir. Não, Ele pede que façamos isso porque é o melhor para a nossa vida, para que aprendamos, e que de uma próxima vez, não venhamos cair no mesmo pecado/buraco.

Que Deus nos abençoe assim. Que sejamos prudentes tanto no nosso falar quanto no nosso andar, para que tentemos ao máximo não cair, seja em pecados considerados grandes, ou em um considerado pequeno. Mas saiba, ainda assim, se você cair, não se desespere. Deus estará te esperando com Sua caixa de Primeiros Socorros, de braços abertos, para limpa-Lo de toda impureza, e tirar do seu rosto as possíveis lágrimas.



Ronnedy Paiva
Colunista

2 comentários:

  1. Q benção de coluna!! Glória a Deus. Tava precisando ser ministrado nisso. =D

    ResponderExcluir