sexta-feira, 6 de abril de 2012

Páscoa, Chocolate ou Sangue?

  Todo ano, logo após o carnaval, as prateleiras dos supermercados ficam cheias de ovos de chocolate, de diversos tamanhos e sabores, que dizem simbolizar a PÁSCOA.

  Ovos trazidos por um coelho, que é um animal que nem se quer ovos bota. Não sou contra a esses ovos, principalmente porque também gosto, mas sou contra ao fato de que esses ovos tomam lugar do verdadeiro sentido desta data.

  A Páscoa, hoje, não significa chocolate, mas sim o SANGUE derramado por Jesus, a sua morte que não teve um fim, mas Ele ressuscitou, venceu a morte e nos trouxe vida, e hoje podemos celebrar a vida que Ele nos deu.

  Esse feriado nos traz a memória o sacrifício feito por Jesus, toda a parte da história, desde a última ceia, a traição de Judas, a captura de Jesus, Pedro negando Jesus, a morte de cruz, o túmulo vazio, a sua aparição a Maria Madalena e depois aos discípulos e sua ascensão aos céus. Podemos encontrar nos 4 Evangelhos em Mateus 26-28, Marcos 14-16, Lucas 22-24 e João 17-21.

  Jesus  morreu por nós, levou para aquela cruz os nossos pecados, morreu no nosso lugar. Fez tudo isso por amor e em obediência a Deus, ressuscitou e hoje vive ao lado do Pai, nos trouxe vida, a vida eterna, vida em abundância. Esse é o real sentido da Páscoa. Jesus é o sentido da Páscoa.

“(..) Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.” João 10:10




Marianna Moreno
Outros

Nenhum comentário:

Postar um comentário