quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Traga a memória...

O carnaval acabou, mas parece que para muitos cristãos esse é um assunto que vai longe. Muita gente perguntando: "pode?", ou "não pode?". Muitas pessoas criando polêmicas, que vão muito além desses assuntos, e que variam tanto que me deixa estupefato. Gostei dessa palavra. Mas se você está aqui para saber se é correto ou não o 'Carnaval Gospel' -segundo a minha opinião-, eu não responderei.

***
Eu fico de cara com tantas pessoas que vivem para ver o erros dos outros, que se alegram com isso, não elogiam se quer uma vez algo que a igreja produz. É sempre desnecessário o que elas fazem... 

"As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não tem fim."

Sinceramente falando, se eu encontrasse a Cristo hoje (convertesse), e visse a vida desses irmãos, iria falar para Deus: "Deus, se é para eu ficar assim, prefiro voltar para o mundo".

Galera, vamos olhar parar e pensar antes de falar, de reclamar tanto! Nós sabemos que tem igrejas corruptas, que não fazem jus ao nome de Deus, e devemos sim combatê-las. Mas não devemos nos deter apenas a isso. O Evangelho de Cristo é mais do que derrubar falsos testemunhos. É ter comunhão, ajudar o próximo, amar, viver, se alegrar, dar bom testemunho.

Se você quer ser um cristão polêmico, perceba que ser polêmico não é ficar falando de igrejas, carnavais e outros assuntos mais. Ser polêmico é andar na contra mão de tudo, é abraçar um travesti, um mendigo, um "nada" enquanto todos passam reto.

Vamos trazer à memória aquilo que nos dá esperança, vamos buscar fontes que nos animem, vamos combater o ódio com amor, vamos ser LUZ em meio às trevas... Temos que parar de criticar e só falar mal, pois assim, apenas estamos afastando as pessoas da igreja, a onde há crescimento, comunhão, estamos discipulado negativamente as futuras gerações.

Lembremos como era antigamente, como nossos avós cultuam a Deus, em seus templos de madeira e com suas vozes roucas no louvor. Eles não precisavam de muito para ser felizes, só do essencial, a presença de Deus.

Então vamos buscar a presença do Pai, seja em um 'carnaval gospel', em uma igreja televisiva ou em qualquer outro lugar, pois é isso que importa... Estarmos conectado com Ele.

Traga a memória, aquilo que vos da esperança.


Ronnedy Paiva
Colunista

Nenhum comentário:

Postar um comentário