quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

O que realmente Importa.

"E este é o amor: que andemos em obediência aos seus mandamentos. Como vocês já têm ouvido desde o princípio, o mandamento é este: que vocês andem em amor." 

Viver consiste em amar. Uma vez que Deus é amor, a lição mais importante que Ele quer que a gente aprenda é como amar. É quando amamos que somos mais parecidos com Ele.


         Aprender a amar o próximo como a si mesmo não é uma tarefa fácil; isso vai contra a nossa natureza egoísta. É por isso que temos toda uma vida para aprender. Claro que Deus quer que amemos a todos, mas o que realmente interessa a Ele é como e porque aprendemos a amar as outras pessoas que fazem parte da nossa família. 



         Mas porque Deus insiste em que amemos especialmente outros crentes e irmãos a nossa volta? Porque Ele quer que sua família seja conhecida pelo seu amor, mais do que qualquer outra coisa.  Em João 13.35 Jesus disse que nosso amor uns pelos outros – e não nossas crenças e doutrinas – tem que ser o nosso maior testemunho perante o mundo.

         É da vontade de Deus que você tenha uma associação intima e constante com seus irmãos, para que possa desenvolver a habilidade de amar. Você não pode aprender o amor e o amar sozinho. Você tem que ter pessoas por perto – irritantes, malas, irritantemente alegres, irritantemente tristes/frustradas, imperfeitas – e por meio disso aprendemos 3 verdades importantes:

1° A MELHOR UTILIDADE QUE SE PODE DAR À VIDA É AMAR

         Sua maior ambição, objetivo primordial e principal prioridade deve ser amar.  Amar não é uma parte boa da sua vida, é a parte mais importante. Seus relacionamentos devem ter prioridade acima de todo o resto. Por que ?


            A vida sem amor não tem nenhum valor (I Coríntios. 13.3). Freqüentemente, agimos como se os relacionamentos devessem ser espremidos em nossas agendas, dando assim a impressão de que os relacionamentos estão em segundo plano em nossas vidas. Mas Deus diz que a vida se constitui de relacionamentos, prova disso é que 4 dos 10 mandamentos versam  sobre nosso relacionamento com Deus, enquanto os outros 6 falam sobre nosso relacionamento com as pessoas (Mas todos os 10 falam sobre relacionamentos). 



         Mais tarde, em Mt 22.37-40, Jesus diz o que mais importa para Deus em suas instruções. Depois de aprender a amar (Adorar) a Deus, aprender a amar os outros é o segundo propósito da sua vida. Mas porque mesmo sabendo que os relacionamentos são o que mais importam na vida deixamos eles com a pior parte? Porque as ocupações são um grande inimigo dos relacionamentos. Nos preocupamos em ganhar a vida, pagar contas, cumprir metas, como se isso fosse a razão da nossa vida, mas elas ao são. O objetivo das nossas vidas é aprender a amar; tanto a Deus como às pessoas.

         Outra razão para que Deus nos manda fazer do amor nossa principal prioridade é que o amor é para sempre/eterno. A forma de você tratar outras pessoas, e não sua riqueza ou façanhas, é a influencia mais duradoura que você pode deixar na terra.

- Não é o que você faz, mas quanto amor você dedica no que faz que realmente importa –
         Como vamos ser avaliados sobre tudo que fazemos na terra, também seremos avaliados quanto ao nosso amor, e esse é outro motivo para que façamos dele nosso principal objetivo. Uma das formas pelas quais Deus mede nossa maturidade espiritual é pela qualidade dos nossos relacionamentos. No céu, Deus não dirá: ” Fale-me de sua carreira,conta bancaria e seus passatempos preferidos.”  Em vez disso, Ele vai rever como você tratou as outras pessoas, especialmente as necessitadas.

2° A MELHOR EXPRESSÃO DO AMOR É O TEMPO
         Quanto maior o tempo dedicado a alguma coisa, mais você demonstra e o valor que ela tem para você. Para saber as prioridades de uma pessoa, observe a forma como ela utiliza o tempo. Pois o tempo é a dádiva mais importante que temos, pois recebemos uma quantidade fixa dele. Quando você dedica seu tempo a alguém, você está dedicando uma porção de sua vida que jamais irá recuperar. O seu tempo é a sua vida. Dizer que os relacionamentos são importantes não é o bastante, devemos provar essa posição investindo tempo neles. (I João 3.18). Relacionamentos tomam tempo e esforço, e a melhor maneira de soletrar amor é  T E M P O. A essência do amor não é o que pensamos, fazemos ou proporcionamos aos outros, mas quanto damos de nós mesmos. Amar a cima de tudo significa abrir mão - ceder nossas preferências, conforto, objetivos, segurança, dinheiro, energia ou tempo para o beneficio de outra pessoa. O amor se concentra na outra pessoa tão atentamente que por um momento você se esquece de si mesmo. Sempre que você da o seu tempo, esta fazendo um sacrifício, e o sacrifício é a essência do amor.

3° O MELHOR MOMENTO PARA AMAR É AGORA
         Porque você não sabe até quando vai ter essa oportunidade. As circunstancias mudam, as pessoas morrem, e os irmãos/sobrinhos/filhos crescem. Você não tem nenhuma garantia do amanhã. Se você quiser expressar seu amor, é melhor que o faça agora. Tendo consciência de que algum dia ficaremos perante Deus, eis algumas questões que precisamos levar em consideração: Como explicaremos aqueles momentos em que projetos e coisas foram mais importantes  do que as pessoas? Com quem precisamos começar a passar mais tempo? O que precisamos eliminar da nossa agenda para que isso seja possível? Que sacrifícios precisamos fazer? 

A melhor utilidade que pode se dar à vida é amar. A melhor expressão de amor é o tempo. O melhor momento para amar é agora.




Carol Cruz
Colunista

Nenhum comentário:

Postar um comentário