segunda-feira, 23 de maio de 2011

JUST DO IT - Rennan Reichardt

“Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.” Romanos 12:10

A pergunta que quero fazer é: O que nós Cristãos temos feito para o mundo? Antes de mais nada, gostaria que vocês assistissem esse vídeo do “Justin Bieber – Pray”, que significa Oração, em português. É rapidão!!


  • ·        O que tem deixado nós jovens Cristãos (me incluo nisso) de fazer essa diferença?


Não como organização, ou como cidadãos ou sociedade, mais como pessoas mesmo que tem dentro de si a maior experiência de Amor feita pela humanidade, a de Cristo.

Não adianta olharmos para a África com dó querendo mudá-la se não começarmos com a nossa cidade, o nosso bairro.

Quando eu vi esse vídeo, me chamou á atenção o fato do J. Bieber estar fazendo isso, usando o seu tempo para ir e fazer uma boa ação, ao invés de ganhar dinheiro ou então ficar em casa jogando vídeo game. Você pode até questionar se isto é verdade ou se ele ta fazendo só pra se achar. Porém, pelo menos ele fez UMA MÚSICA falando sobre isso, enquanto atualmente, as músicas têm falado de homossexualismo, curtição, entre outros. Um detalhe muito importante é que as músicas dele têm uma proporção mundial hoje e atinge principalmente o público adolescente/jovem de hoje.

 A frase chave da música dele, em minha opinião é: "me diz como posso fazer UMA diferença?

  • ·        Eu pergunto como podemos fazer UMA diferença?


Aqui, ele não está se importando em sair mudando o mundo, mais em fazer a diferença para uma pessoa, é o primeiro passo. Queremos mudar essa realidade? Comece por você e passe adiante, você só vai conseguir sabe como?

Se você viveu verdadeiramente o Amor de Deus por nós, flui naturalmente, não vai precisar de esforço, não vai existir medo, receio.

Tendo aula de Teologia Moral a respeito da intenção do pecado, o professor coloca pra nós o filme "A corrente do bem", que trata de um menino que tem que fazer um trabalho sobre como mudar o mundo. A forma que ele encontra de mudar o mudo é por ele, fazendo o bem pra três pessoas, se essas três pessoas fizerem o bem pra mais três, já são nove. Isso tomou uma proporção muito grande, chamado de Passando pra Frente onde pro menino não teve resultado. Várias pessoas sendo influenciadas por esse legado e o autor disso frustrado por não ter dado certo.

Qual era a motivação dele? Primeiramente fazer o trabalho, só que aquele trabalho estava antes de qualquer coisa, DENTRO DELE, fazia parte da vida dele, mesmo se ele não quisesse sofrer, ele sofreria por estar fazendo o bem, começando por ele.

É assim que nós cristãos devemos ser hoje.

O que está no nosso alcance pra mudar o mundo? Orar com pessoas na rua? Sim, isso faz toda a diferença. Não precisamos estar reunidos e com uma meta pré-definida naquele lugar (Evangelismo nas ruas, por exemplo), fazer isso na rua, parando as pessoas pra lhes oferecer uma oração mesmo que tudo estivesse bem pras pessoas, nem que você faça então uma oração de agradecimento, uma benção nunca é demais pra ninguém atualmente. SIMPLESMENTE FAÇA. (JUST DO IT.)

“Não é o que você faz, mas quanto amor você dedica no que faz que realmente importe.” [Madre Teresa de Calcutá]

Texto de Rennan Reichardt (@rennanreichardt)

Um comentário:

  1. Já dizia a frase: "Fazer o bem sem olhar a quem"

    Muito bom texto Rennan. Sempre digo que devemos tirar do melhor de cada coisa, seja dela de um texto ou de uma musica do Justin Biber...

    Que possamos ter uma amor incondicional pelo ser humano!

    ResponderExcluir