sábado, 5 de março de 2011

-Um Choro, uma Caixa e a Salvação-

Ou melhor: Uma criança, uma cruz, e a salvação.

Certa vez eu e um amigo estávamos indo para um lugar, para correr. E antes de chegar nesse lugar, existe uma árvore muito grande, onde as raízes estão fora da terra, e no canto dessa árvore, se encontrava alguns filhotes de cachorro chorando ao lado de sua ‘mãe’, que já estava morta. Esses filhotes estavam com provavelmente com fome, frio e agora sem sua mãe para protegê-los.

Demos o que comer a aqueles filhotes, porém não podíamos deixá-los ali, então decidimos levá-los a uma casa a onde poderiam cuidar deles. Nesse momento apareceu um morador que também ajudou aqueles cães em outrora. Ele vendo que queríamos ajudar, nos deu uma caixa de papelão, a onde colocamos aqueles 3 (três) filhotes de alguns meses de vida.

E assim íamos tranqüilos, até a caixa começar a ficar molhada. Os cachorros com medo, começaram a fazer xixi, e a caixa não suportou o peso deles e rasgou. E assim estava eu e mais um amigo no meio da rua com um monte de filhotes. O que iriam pensar? – Bom, como sempre vem alguém, apareceu uma senhora que começou a dizer para nós que iria ligar para o órgão competente dos animais para nos denunciar por abandono. Mas não demos muita moral, sabíamos o que estávamos fazendo.

Enfim conseguimos outra caixa e continuamos a levá-los a sua ‘futura’ casa. Mas recebemos a informação que a casa não poderia abrigar mais nenhum cachorro, eles não poderiam aceitar os filhotes naquela casa. E surgiu aquele pensamento: “E agora?”

- Isso me fez lembrar-se de Bartimeu, o cego de Jericó, que ao saber que Jesus estava ali, começou a clamar: “Filho de Davi, tem compaixão de mim.” Foi como o choro daqueles filhotes. Tocou no coração de Jesus, que vendo aquele homem, o curou... (Marcos 10: 46-52)

Aqueles filhotes também clamaram, não com palavras, mas com um choro, que mais parecia um grito de socorro. E o mais impressionante é que ambos eram rejeitados, Bartimeu e os filhotes eram ali como ‘nada’, tanto fazia se eles morressem ou não. Mas Deus, aquele quem criou o ser humano e a todos os animais se importa com eles, Ele não os abandonou. Deus enviou a mim e a meu amigo para salvar aqueles filhotes. Como também Deus enviou a Jesus para salvar aquele cego, mas não somente a ele, mas a todos que cressem que Ele era o filho de Deus. (João 3:16)

Deus não nos abandona, Ele se importa com cada um de nós. E agora pense comigo: “Deus me deu a oportunidade de salvar aqueles cachorrinhos. E porque Ele não se impostaria com você? Se fomos constituídos a sua imagem e semelhança?”

Para continuar essa história, Deus começou a agir novamente. Naquele memento realmente não sabia o que fazer. Ou ficava com os cães ou os devolvia no mesmo lugar a onde o pegamos... O que faríamos? 

Foi como se uma luz ascendesse em nosso pensamento. Lembramos de outro abrigo a onde poderíamos deixá-los, e assim fizemos, demos um lugar a onde eles pudessem receber os cuidados devidos. Eles se salvaram!

Deus sempre tem um plano, mesmo parecendo que acabou que já era, é aí que Ele começa a agir. Mas para isso acontecer, temos que estar dispostos a pagar o preço. 

Relembre: “Se Deus não abandonou um cachorro, porque Ele te deixaria?” 
 
"De maneira alguma te deixarei, nunca, jamais te abandonarei" (Hebreus 13:5b)

“Acaso pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não compadeça do filho do seu ventre? Mais ainda que essa viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti (Isaías 49:15)


  
A árvore era mais o menos como essa, porém muito maior. Clique 
 

8 comentários:

  1. muito bom tava precisando muito dessa palavra" Deus sempre tem um plano, mesmo parecendo que acabou que já era, é aí que Ele começa a agir. Mas para isso acontecer, temos que estar dispostos a pagar o preço." Deus te abençoe! =)

    @UllyGeissler_

    ResponderExcluir
  2. Parabéns! Boa ilustração. Boa aplicação. Vá em frente.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. amém. muito linda esta mensagem e veio d encontro com meu coração Deus abençoe grandemente sua vida hoje sempre. bjus

    ResponderExcluir
  4. Oi Rô! muito bom o post! você se expressa muito bem, gostei da palavra! que Deus continue te abençoando e usando a sua vida! beijos :)

    ResponderExcluir
  5. Como agentes de Deus na terra sempre seremos usados para mudar o curso natural da vida para uma dimensão muito maior em amor e compaixão, tal como Jesus.

    Que Deus os abençoe e continue os usando.

    Pr. Paulo Silva

    ResponderExcluir
  6. UAU.........Parabéns..........
    Muito contente com sua posição com os filhotes...Ficar sem fazer nada é o que não podemos mesmo....E claro, parabéns a respeito de como fez a relação disso com nosso grandioso Pai....

    ResponderExcluir
  7. Isso ae irmão! Deus tem usado a você.Continue sempre escrevendo.
    Fica com Deus!
    \o

    ResponderExcluir
  8. Nossaaa... adorei o post muito bom mesmo, parabéns
    fica com Deus
    =]

    ResponderExcluir