domingo, 31 de outubro de 2010

'Amigo'! Você sabe o dia do meu aniversário?

Hoje o orkut nos 'ajuda' muito a lembrar dessa data tão especial para alguém.

- Ás vezes pensamos conhecer tanto uma pessoa, apenas por saber o dia em que ela nasceu, ou saber o nome dos pais dele(a), mesmo os chamando de 'tio e tia'. Porém, o conhecer vai muito além disso.
Ter um(a) 'melhor amigo(a)' é uma grande responsabilidade, pois requer que saibamos o que ela(e) está sentindo, antes mesmo de dizer, senão, não passaria de apenas um 'simples' colega!

Na bíblia, existiu um homem, que habitou a terra de UZ (Iraque nos dias de hoje), que era considerado por Deus, "homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal" - Jó 1:8b. Este homem se chamava , cujo nome significa "voltado sempre para Deus". Era ele homem de muitas posses (Jó 1:3). E um dia, Deus deixou o diabo fazer prova dele, para provar ao 'mundo' que ele não blasfemaria com Deus.

- Jó perdeu todos os seus bens, perdeu os seus 7 filhos e sua esposa, e seus amigos saíram de sua presença, pois ele ficou com lepra por todo o seu corpo. Ele por muito tempo ficou neste estado, estado de aflição, dor, e angustia, por muitas vezes, creio eu, deve ter passado fome, e sofrido humilhações do povo, que via seu estado deprimente, com certeza para eles, tudo aquilo não passava de um 'castigo divino' por ter pecado. Mas ele não blasfemou contra Deus.

Deus não deixou que o diabo fizesse isso com ele, somente para ver até onde ia o amor de Jó para com Ele. Pois Deus não precisa provar a ninguém o que Ele já sabe. Ele deixou acontecer tudo isso, para nos mostrar que, podemos ser fieis no pouco, que podemos clamar e adorá-lo mesmo quando parece que tudo da errado. Pois Deus nos conhece, e nos guia, aonde quer que vamos, Ele está conosco (Salmos 137: 7-10)

Deus sarou Jó de suas enfermidades, e restituiu em dobro tudo o que havia perdido (Jó 42:10).

Jó pensava que conhecia Deus também, mas viu que não o conhecia verdadeiramente. (Jó 42:5)

Que possamos ter um contato verdadeiro com o Pai, para quem quando venhamos precisar andar no "deserto" possamos ter nossa FÉ FIMADA NA ROCHA.

"Sim, ele te humilhou, e te deixou ter fome, e te sustentou com o maná, que nem tu nem teus pais conhecíeis; para te dar a entender que O HOMEM NÃO VIVE SÓ DE PÃO, mas de tudo o que sai da boca do Senhor, disso vive o homem" - Deuteronômio 8:3

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

-Morreu, Ressuscitou, e hoje EU VIVO-

“Um Romano fez uma pergunta infeliz. Se é filho de Deus porque não desce daí? - Eu mesmo posso responder. Foi pelo ‘verme’ aqui" . Trecho da música 'Não Perdi a Minha Fé part II' da banda de REP Provérbio X.



Certamente, Ele quis fazer isso por nós. “Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar” – Isaías 53:10. Ele foi crucificado, seus pulsos e pés furados por pregos, em sua cabeça uma coroa de espinhos o ‘declarava’ rei dos judeus, seu corpo estava moído, ferido pelas chicotadas. O povo ao seu redor o julgava, mas Ele disse: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem” – Lucas 23: 24. Com certeza Ele estava sofrendo, pois como HOMEM subiu naquela cruz, e como HOMEM suportou as humilhações e os pecados de TODOS NÓS. Até que uma lança o perfura-se. E Ele morresse.

Mas Ele decretou, 'ESTÁ CONSUMADO'. Ou seja, agora temos livre acesso ao PAI, o Véu que separava, agora não separa mais...

“Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.” Isaías 53: 4-5

Hoje, somos limpos do pecado, Ele sofreu em nosso lugar. Tudo que precisamos fazer é obedece-lo, não por medo ou obrigação, mas por amor. Não vimos o sofrimento dEle, apenas lemos que Ele Tudo suportou. E sei que em seu coração, Ele se agradou em fazer isso. Pois Ele não recuou, como muitos fariam! Apenas aceitou fazer isso por nós, em nosso lugar. "Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca." Isaías 53:10.
Será que devemos nos calar diante do ‘mundo’? Será que hoje podemos dizer, "estou fazendo o meu papel de cristão como Cristou ordenou.”

-Passamos pelas ruas, e não conseguimos sequer olhar nos olhos de um mendigo. Julgamos as pessoas pela aparência (1 Samuel 3: 16). Odiamos sem quer conhece-la. Adoramos pessoas que nem imaginam que existamos. Mas pelo nosso próximo, não dizemos nem 'Bom Dia', muito menos 'Jesus te ama'... Em casa, no colégio e na igreja, somos 3 pessoas diferentes. (Espero que eu esteje falando isso para poucas pessoas, espero que quem ler isso, seja realmente digno de ser chamado Filho de Deus).
Ele morre, ressoucitou e hoje EU VIVO, vivo por Ele, para Ele. Jesus nos sarou, Ele mesmo foi ao Inferno pegar a 'chave da vida', e apagou toda escrita de dívida em nosso nome, e todos que nEle crer, Ele escreverá com sangue o nome no livro da vida. Basta arrepender-se, e crer. Aceitando-o como Único Senhor e Salvador...

-Que apartir de hoje, possamos dar orgulho a Deus. A ponto dEle poder dizer, "valeu a pena ter dado Jesus para morrer no lugar deles".

O Arrependimento é necessário para aceitarmos nossa dependência de Cristo. Que possamos perdoar, que possamos amar, seja quem for, seja como ela for! Pois "Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos." 1 João 3: 16.
Como está escrito no meu chaveiro. "Fazer o bem, sem olhar a quem"

- 1 João 3: 1-11 "Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele. Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro. Qualquer que comete pecado, também comete iniqüidade; porque o pecado é iniqüidade. E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e nele não há pecado. Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu. Filhinhos, ninguém vos engane. Quem pratica justiça é justo, assim como ele é justo. Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo. Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus. Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus. Porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio: que nos amemos uns aos outros"

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Mãe! Será que eu posso?



  Tema engraçado não é?  - TALVEZ...
Quem já não pediu alguma coisa para a mãe ou para o pai usando uma frase parecida com essa?
Nós sabemos que é sempre necessário consultarmos alguém que tenha mais "experiência" que nós. Seja a mãe, pai, irmão, amigo, líder, pastor, enfim, com quem se sinta mais a vontade.

- Esses dias perguntei para a minha mãe se podia fazer uma tattoo com o nome dela...
Ela ficou muito brava, disse muitas coisas que me fizeram refletir, mas não mudar de opinião em fazer a tattoo...
Eu poderia muito bem ter feito a tatuagem sem o consentimento dela, pois já tenho 18 anos. E poderia chegar para ela e falar "olha o que eu fiz". Mas, com certeza ela ficaria muito mais brava  comigo, por ter feito a tatto sem a "permissão" dela.
E poderia me arrepender amargamente... Uma boa escolha pode nos trazer muita felicidade, mas, uma escolha má feita, também pode nos trazer arrependimento.

Pois bem, orientarmos com alguém é expressamente importante para tomarmos uma decisão. Antes de qualquer coisa que ansiamos fazer, devemos ter um "tete-a-tete" com Deus, por mais fútil que possa parecer o que vamos escolher!
Com certeza Ele tem as melhores orientações, Ele tem até um livro que nos orientas em várias áreas da vida, dizendo como nos comportamos diante de certas situações e como termos uma vida maravilhosa.
Neste livro, encontramos histórias reais de homens que buscavam a Deus em tudo, e outros que não buscaram a orientação dEle. Este livro é antigo, porém a sua palavra se renova a cada dia. E lemos que, desde muito antes de existirmos, haviam pessoas que "quebraram a cara" por não estarem sobre orientação do Mestre.

Quando colocamos nossa fé em nós mesmos, e em falsos idolos, e tomamos decisões importantes sem orientação, acabamos com a "cara no chão" e com uma vontade enorme de voltarmos atrás para concertamos o erro. Quando isso acontecer, devemos reconhecer o nosso erro, nos arrependermos de coração, percebendo que somos fracos sem Deus, e que carecemos de sua palavra e misericórdia. Pois, "suas misericórdias não têm fim;" - Lamentações 3: 22b.
O Homem nasce com o pecado dentro de si, e todos os dias pecamos por isso da necessidade de pedirmos perdão a Deus, e buscar- mos a sua palavra, que nós traz refrigério e sabedoria para escolhermos com esperteza e excelência.


-Não sou o melhor orientador, conselheiro, etc. Mas conheço o maior orientador. E tenho o livro dEle, onde contem todas as saídas que venhamos precisar, e todas as instruções para a vida, e vida eterna. Então, se alguém precisar, já sabe "É NÓIS"...

Gostaria de agradecer a Deus pela inspiração, e a Lari Carmona pelo apoio.

Obrigado...

domingo, 24 de outubro de 2010

-Clamor-

 
 "Depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto do caminho, mendigando.
E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim. E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! Tem misericórdia de mim. E Jesus, parando, disse que o chamassem; e chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama. E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus. E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista. E Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho." - 
Marcos 10: 46 - 52

Quem nunca chamou uma pessoa na rua em alta voz, e por incrível que possa parecer, ela não te escuta! E você fica como um tonto, e todos ao seu redor olhando para você! Creio que, quase todos já tenham passado por uma situação parecida com está. 
No acampamento "conectados.com", tivemos uma experiência de ficar com os olhos vendados, e caminharmos por uma trilha, confiando em uma corda que devíamos seguir, sem poder solta-lá, e está corda significava a nossa FÉ, e por está trilha, havia pessoas que te julgavam e que tentavam fazer com que você soltasse da sua "fé", da corda. Muitos desistiram, outros pegaram o caminho errado, mas alguns conseguiram chegar ao final. Concerteza foi uma experiência única. 

Agora imagine uma pessoa cega, e que quando houve que Jesus o Filho de Davi está passando perto dele,  ele sabendo das maravilhas que Cristo estava fazendo, começa a clamar em alta voz, "JESUS, FILHO DE DAVI, TEM COMPAIXÃO DE MIM."...

As pessoas ao redor dele diziam - "Cala a boca, você é cego, está sujo, NÃO É DIGNO DE CHAMAR O FILHO DE DEUS"... Mas o seu clamor foi tão incessante, que tocou o coração de Jesus, e o chamou para que fosse ter com ele. Aquele cego já não se importava com que as pessoas fossem pensar... Jesus pergunta a ele: "O que queres que eu te faça?" e ele responde: "que eu possa a ver", e Jesus diz: "Vai a tua FÉ te Salvou" e logo ele viu.

O que temos feito para tentar tocar o coração de Deus? Será que temos vacilado na primeira pedra que tem em nosso caminho? No começo tudo parece difícil. Ninguém sabe a estrada que vai trilhar, mas se nossa FÉ estiver fundamentada no PAI, conseguiremos ir longe!

O nosso CLAMOR deve ser incessante, deve fazer com que o inferno se cale. "Daí louvores ao único que é Digno de receber, toda Honra, Glória e Poder." Jesus Cristo, o Filho de Davi, Leão de Judá, a Pedra Angular, Aquele que É, Era e a de Vir. O nosso Redentor. O MEU MAIOR AMOR, no qual não está interessado em como nós vestimos ou se temos bens materiais, mas procura por Verdadeiros Adoradores, que o Adorem em Espírito e em Verdade. E se Ele procura então Ele tem que achar...

Que possamos tocar o coração do PAI, através do nosso clamor, do nosso louvor e com a nossa oração. Não tema Mal algum, pois Ele é contigo...

sábado, 23 de outubro de 2010

Apocalipse 3: 16

-Não existe meio termo, 50%, lá ou cá. Pois, se és assim, serás vomitado- Ap. 3:16


Talvez seja um tema pesado para o primeiro POST. Mas creio que seja necessário. Queria começar falando de como eu era...
- Sempre fui uma pessoa que ia à igreja, repito, ia à igreja, os famosos "esquenta banco". Sou de uma família cristã, que sempre me ensinaram a andar no caminho certo. Porém na minha adolescência (15 anos), comecei a ver o que o mundo tinha para oferecer, e parecia muito bom. Mulheres, festas, amigos, tudo que eu necessitava naquele momento. Nunca fui de beber, pois em casa isso era um ato abominável, porque meus tios bebiam e meu pai também, mas Deus libertou meu pai deste vício, por isso não bebo, também nunca usei drogas, talvez porque não me ofereceram. Mas fui um cara que, matava aula, enganava meus pais, brigava no colégio, ficava com as menininhas, e ia para festas com os amigos. Em 2007, foi o ano que mais "zuei" no colégio, foi à segunda vez também que fui para a diretoria, e a última que briguei na rua. No ano de 2008, fui para um acampamento, "InTEENmidade".
Neste acampamento, conheci verdadeiramente a Deus, chorei, coisa que nunca havia feito por Ele, e percebi que o que fazia, era errado. Depois deste acampamento, ia à igreja quase todos os dias, domingo, no período na manhã e da noite, segunda-feira e terça-feira, e aos sábados, sempre que podia ia à casa do Pai. Quantas vezes não "matei" curso para ir à igreja...
Lembro de uma coisa, quando ia à Igreja Nova Aliança, meus amigos de lá diziam "ouvir musica do mundo é errado" e eu sempre os replicava dizendo, "não tem nada a ver", e pensava que isso seria impossível. Impossível para mim, mas para Deus não.
Escutei uma música, Deus Esperava Mais - Apocalipse 16. No qual dizia em uma das suas frases, "Deus esperava mais dos seus próprios herdeiros", desde quando ouvi está musica, dias depois do acampamento, resolvi só ouvir músicas intituladas GOSPEL, ou como dizem, musicas de igreja.

Bom amados, que eu quero dizer com isso? -Eu era uma cara que tinha um pé e meio no mundo, e a outra metade na igreja. E quando descobri a verdade, nunca mais sai dela. Tenho coisas que precisam ser mudadas ainda, é claro. Mas como diz as escrituras "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." - João 8: 32.  Fico firme nesta palavra, pois não quero ser MORNO, como Deus fala para a igreja de Laodicéia "Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, VOMITAR-TE-EI da minha boca" Apocalipse 3: 16.

Não quero dar ânsia em Deus!

Bom pessoal, não sei se entenderam o que quis passar com este testemunho! Mas lhes afirmo, estejam firmes na palavra, porque "o diabo só vem para roubar, destruir e matar, mas Deus vem para dar Vida e Vida em Abundância" - João 10:10. Fiquem firmes, e quem precisar de ajuda, pode contar comigo. "Nóis é Família..."

"Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes;" 1 Coríntios 1: 27